Guarda Municipal ROGÉRIO TORRES DE MORAES do Município de Cachoeirinha - RS. VIVO DIRETO 51 96957089

Seguidores

quarta-feira, 16 de março de 2011

Projetos que deram certo e que merecem ser reconhecidos.

Projetos que deram certo e que merecem ser reconhecidos e até mesmo copiados, pois quem sai ganhando com isso é a sociedade, parabéns GUERREIROS DE VARGINHA - MG 
boletim
Data:16 DE MARÇO 2011

Titulo DIVULGANDO A MARCHA E PROJETO

Mensagem 


NA I MARCHA AZUL MARINHO/2009, 1346 GUARDAS MUNICIPAIS PARTICIPARAM, NA II MARCHA AZUL MARINHO/2010, 3322 MARCHARAM EM BRÁSÍLIA, LOTAMOS OS DOIS AUDITÓRIOS...ESTA É A FORÇA DA NAÇÃO AZUL MARINHO QUE QUER MAIS SEGURANÇA PARA O POVO BRASILEIRO...

PARTICIPE VOCE TAMBÉM DA III MARCHA AZUL MARINHO 2011

ABAIXO ATENDENDO VARIOS PEDIDOS UM GRANDE PROJETO

GRÊMIO NAS ESCOLAS


O QUE É?

O Grêmio nas Escolas é um projeto baseado em outro projeto “GRÊMIO EM FORMA” de sucesso já existente em São Paulo. Lá ele foi idealizado e coordenado pelo Instituto Sou da Paz, que comprovadamente, reduziu em até 70% a violência nas comunidades próximas às escolas onde o projeto foi implantado. A idéia de se criar um projeto nos mesmos moldes do de São Paulo, surgiu após a participação do Diretor da Guarda Municipal de Varginha, Guilherme Tadeu Ramos Maia, e do Vereador Rogério Bueno, num encontro de todos os Grêmios coordenados pelo Instituto Sou da Paz em São Paulo, onde foram apresentadas histórias de sucesso nos depoimentos dos alunos participantes, dos líderes comunitários, de representantes das escolas, de pais de alunos e das autoridades ligadas a segurança pública.

O projeto depois de montado foi apresentado ao Ministério da Justiça, que analisou, aprovou e financiou todo o projeto.

O Grêmio nas Escolas é um significante meio de conscientização participativa da juventude em prol da redução da violência.

ONDE?

O principal veículo utilizado para a realização deste projeto é a Escola, que além de ser uma importante e estratégica ferramenta pedagógica é também o equipamento público presente de maneira maciça em todas as cidades brasileiras, concentrando parte significativa do contingente juvenil.

Os jovens, majoritariamente, são os principais autores e as mais comuns vítimas da violência urbana e por este fato a Escola se torna um dos mais significativos veículos de transformação na vida dos jovens, pois é onde eles passam boa parte de seu dia, encontram ou fazem amigos, se divertem e principalmente aprendem sonhando construir uma vida e um futuro melhor que o presente da maioria deles.

O projeto Grêmio nas Escolas consiste em um trabalho de formação consciente dos alunos de 5ª. à 8ª. séries do ensino médio, para incentivá-los a se tornarem integrantes de grêmios estudantis, onde, durante nove encontros, os educadores/multiplicadores trabalham com eles oficinas de Direitos Humanos, Cidadania Participativa, Democracia, Democracia na Escola, Estudo do Estatuto, Como se organiza e realiza uma Assembléia Geral, Todo o Processo Eleitoral e Como Elaborar um Plano de Gestão/Ação/Atuação e Como por em prática os projetos propostos.

QUEM FAZ?

Os educadores são alguns Guardas Municipais e educadores da rede municipal e da rede estadual de ensino, que se tornaram Educadores/Multiplicadores do Projeto depois de terem passado por um processo de capacitação, com duração de 40 horas de curso, em meados do mês de fevereiro de 2007, ministrado pelos educadores do Instituto Sou da Paz de São Paulo.

OBJETIVO

O principal objetivo do Grêmio nas Escolas é formar um cidadão completo, ciente de seus direitos e responsável pelos deveres.

Com a idealização de um grêmio estudantil mais participativo os jovens aprendem a negociar seus conflitos de maneira democrática e pacífica, isto é, aprendem a ouvir outras opiniões e a contestá-las por meio do diálogo, reduzindo as intervenções violentas dentro do ambiente escolar e na comunidade do entorno da escola.

O Grêmio nas Escolas visando além de uma vida mais longa e ativa dos grêmios, também procura, tendo sempre o cuidado de exemplificar os temas com fatos e acontecimentos importantes da história, adaptando tudo para uma realidade mais próxima da nossa cidade, um despertar dos jovens para uma participação mais consciente, efetiva e positiva, não só na vida pessoal de cada um, mas principalmente na vida como comunidade.

PARCEIROS

Ministério da Justiça – Através da SENASP - Serviço Nacional de Segurança Pública - que depois de analisar e aprovar o projeto Grêmio nas Escolas liberou uma importante e suficiente verba para a realização de todo o processo de concretização do projeto, que iniciou com a firmação do convênio com o Instituto Sou da Paz para a formação dos educadores/multiplicadores, possibilitou a aquisição de todo material didático e alcançou seu ápice com a posse dos Grêmios Estudantis.

Instituto Sou da Paz – Fundado em 1999 a partir da Campanha Sou da Paz pelo Desarmamento, sediada em São Paulo, tem como missão contribuir para a efetivação no Brasil de políticas públicas de segurança e prevenção da violência que sejam eficazes e pautadas pelos valores da democracia, da justiça social e dos direitos humanos, por meio da mobilização da sociedade e do Estado e da implementação e difusão de práticas inovadoras nessa área.

Hoje o instituto conta com uma equipe de mais de 60 funcionários e dezenas de voluntários, além de um Conselho Consultivo composto por 17 representantes da sociedade civil.

SEMEC – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VARGINHA – Além de aprovar o projeto a Secretaria Municipal de Educação também apoiou de forma significativa para a concretização, cedendo uma educadora, a orientadora pedagógica Priscilla Bibiano de Oliveira Mendonça para além de ajudar na formatação e montagem de toda a parte pedagógica do projeto também trabalhou na sua coordenação do início ao fim.

CÂMARA MUNICIPAL DE VARGINHA – Que na pessoa do Vereador Rogério Bueno, que além de ser um dos idealizadores do projeto, também vêm desde o início apoiando, incentivando e principalmente participando de forma positiva para o sucesso da concretização do projeto “ Grêmio nas Escolas”.

MATERIAL UTILIZADO

A Metodologia de formação e consolidação de Grêmios Estudantis do Projeto Grêmio em Forma, como o Caderno Grêmio em Forma, foi baseada na metodologia elaborada, testada, consolidada e sistematiza nas publicações feitas pelo Instituto Sou da Paz, que são o Guia Grêmio em Forma, publicado em 2005, Caderno Grêmio em Forma - 1ª ed. , lançado em 2001 e Caderno Grêmio em Forma - 2ª ed. , aperfeiçoado em 2002 e 2003, como um valioso material de apoio para o Educador que desejar instituir e gerir um Grêmio democrático e pautado pelos valores da democracia, direitos humanos e cidadania em sua escola.

A aplicação de dinâmicas visando mostrar a importância da convivência saudável e dos trabalhos em grupo é fundamental para que os jovens consigam entender na prática o que os educadores/multiplicadores expõem na teoria, procurando se aproximar ao máximo da realidade dos adolescentes, exemplificando tudo com a nossa rica história de lutas e conquistas.

Nas oficinas foram utilizados diversos materiais de trabalhos escolares, como canetas, tesouras, folhas sulfite, lápis, borrachas, bexigas de ar, réguas, cartazes, murais, questionários, músicas e leituras de textos com conteúdo histórico e pedagógico do tema da oficina do dia e o carômetro de avaliação, onde os alunos avaliam ao final de cada encontro como foi sua participação individual e em grupo e a exposição do educador/multiplicador;

RESULTADOS OBTIDOS

Como ainda estamos em fase de implantação ainda não deu para obter resultados significantes em termos de comunidade, porém o projeto Grêmio nas Escolas deu o primeiro lançando a sementinha cabendo agora aos Grêmios Estudantis formados fazerem a diferença;

Grêmios Estudantis formados, fortalecidos e assessorados, tendo sido eles formados e trabalhados pelos educadores/multiplicadores Guardas Municipais e municipal e estadual;

1º encontro de encerramento do primeiro ano de atividades dos Grêmios Estudantis “I Encontro de Gremistas de Varginha” que foi realizado no Hotel Podium de Varginha, contando com a participação de quase 400 jovens.

 Oficinas foram realizadas, pelas quais passaram cerca de centenas de jovens, permitindo a esses estudantes o contato com diferentes temáticas como direitos humanos, democracia, cidadania participativa, ferramentas de gestão etc.

O jovem é hoje a nossa esperança de um amanhã melhor, onde todos conseguirão olhar um nos olhos dos outros sem medo, sem vergonha, altivos, impávidos ao dizer - Eu fiz a diferença, aprendi, acreditei, trabalhei e conquistei.

Noticias do projeto

Seção: Notícias

Seção: Notícias

Seção: Notícias
Material do aluno e do Guarda Municipal no Grêmio em Forma

Guarda Municipal de Varginha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário